Bacia Leiteira: Casal trabalha para consertar TAU e regularizar abastecimento

Casal

Constantes faltas de energia elétrica, nos últimos dias, causaram o rompimento do Tanque de Amortecimento Unidirecional (TAU) nº 3, que compõe o Sistema de Abastecimento da Bacia Leiteira. Isso ocorre por causa de “golpes de aríete”, quando o bombeamento é parado nas estações elevatórias de água por queda no potencial elétrico e, de forma abrupta, é retomado repentinamente. Quando ocorre uma situação dessa, o TAU (dispositivo de proteção de adutora) não suporta a pressão da água e rompe.

Devido a esse problema, 18 municípios da região Bacia Leiteira estão com o abastecimento afetado, nesta quinta-feira (6). São eles: Batalha, Cacimbinhas, Carneiros, Dois Riachos, Jacaré dos Homens, Jaramataia, Major Isidoro, Maravilha, Monteirópolis, Olho d’Água das Flores, Olivença, Ouro Branco, Palestina, Pão de Açúcar, Poço das Trincheiras, Santana do Ipanema, São José da Tapera e Senador Rui Palmeira. Já Belo Monte está com o abastecimento regularizado por ter sistema independente.

Uma equipe técnica da Unidade de Negócio Bacia Leiteira, da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), está trabalhando no conserto do equipamento. Porém, devido à complexidade do serviço, a previsão é de que o fornecimento de água somente seja regularizado gradativamente num prazo de 24 horas, ou seja, nesta sexta-feira (7).

Diante dessas constantes oscilações na energia elétrica, a Casal e o Governo do Estado estão trabalhando num projeto de instalação de sistema de amortecimento e proteção contra golpes de aríete (choque contra as paredes de um duto, causado por uma variação voluntária ou involuntária brusca na velocidade da água).

Observações:
Segue foto do TAU em anexo.
Foto: Ascom Casal.
Fonte: Casal

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações