Moradores bloqueiam Rua Cleto Campelo no Jacintinho

Motivo do protesto é a falta de água que dura cerca de 15 dias

Reprodução

Protesto na Rua Cleto Campelo

Um grupo de moradores do Jacintinho bloqueou, na noite desta quinta-feira, 13, os dois sentidos da Rua Cleto Campelo, a principal via do bairro. Os manifestantes atearam fogo a pedaços de madeira, em frente à agência da Caixa Econômica Federal.

De acordo com o grupo, a região está sem água há aproximadamente 15 dias, sem nenhuma justificativa plausível, por parte da Companhia de Abastecimento do Estado, a Casal. Revoltados, os moradores decidiram protestar.

Uma equipe do programa Ronda no Bairro está no local acompanhando a manifestação e tentando negociar a liberação da via com o grupo. Por causa do protesto, o trânsito está intenso na região.

 

Reprodução

Equipe do Ronda no Bairro está no local

 

 

A Casal se pronunciou sobre o assunto através de nota enviada ao Alagoas 24 Horas, confira:

O bairro do Jacintinho é abastecido por meio de manobra: durante dois dias, o abastecimento fica para a parte alta, que vai do viaduto sobre a Leste-Oeste até a divisa com o Barro Duro. Enquanto isso, fica desabastecida a parte que vai do mesmo viaduto até as imediações da TV Ponta Verde, o que inclui o Loteamento Alto das Mangabeiras, situado no entorno da Praça do Mirante. Nos dois dias seguintes, a manobra se inverte.

Nesta quinta (13) e sexta-feira (14), está sendo abastecida a parte alta do bairro. No sábado, portanto, o fluxo de água será direcionado para a parte baixa.

Porém, a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), de modo excepcional e emergencial, vai fazer manobras nos registros para abastecer a área do entorno desse Loteamento na noite de hoje. Amanhã pela manhã, espera-se que essa área esteja abastecida.

A Casal reforça que não tem conhecimento de que essa comunidade fica uma ou duas semanas sem água. Se ocorrer, é preciso que os moradores procurem a sede da Casal para informar o problema e saber quais soluções estão sendo tomadas para resolver definitivamente o desabastecimento do bairro. A Casal nunca se recusou a receber e a conversar com moradores e lideranças comunitárias.

A manobra para garantir o abastecimento do Jacintinho ocorre em virtude do aumento do consumo no verão.

Para amenizar essa situação,  a Companhia já iniciou a perfuração de um novo poço na localidade. Ele deve ficar pronto e entrar em operação até o início de janeiro. E, para sanar a deficiência, estão em andamento obras mais complexas, entre as quais: a interligação de reservatórios, a extensão de redes e o aumento da produção de água na ETA Pratagy. Essa obras são de longo prazo, devendo ser concluídas no mês de maio de 2019.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações