IMA/AL interdita obra da Braskem em acessos a poços de perfuração

Acervo IMA/AL

Após receber denúncias e realizado vôos com drone para captura de imagens, técnicos do Instituto do Meio Ambiente do Estado de Algoas (IMA/AL) constataram que a Braskem teria descumprido limites autorizados para obra de melhoria dos acessos que interligam as áreas de perfuração de poços. A empresa foi autuada em cerca de R$ 32 mil e a obra foi embargada.

A denúncia dava conta de que a empresa teria aterrado, de modo indevido, uma área de manguezal. Foi feita uma verificação in loco, a captura de imagens através de um drone, comparação com imagens de satélite e a pesquisa no banco de dados do órgão ambiental.

Em julho de 2018, foi emitida uma autorização para que a Braskem pudesse fazer a recuperação e melhorias dessas vias de serviços, que interligam as áreas de perfuração de poços.

Com as denúncias, uma equipe de fiscalização foi enviada ao local para colher os dados e, após a análise, foi verificado que a empresa estava fazendo trabalhos diferentes do que havia sido solicitado e autorizado pelo Instituto. Dessa forma, a Braskem foi autuada por descumprimento do que previa a autorização.

O auto de infração é de cerca de R$ 32 mil. Além disso, a área dessa obra especifica foi interditada. A empresa tem o prazo de 20 dias para apresentar defesa.

Fonte: Agência Alagoas

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações