Suspeito de assassinar cantor é morto em troca de tiros com a polícia

Correio Notícia

O suspeito de praticar o homicídio contra o músico Husani Yau Gonçalves e Silva no município de Delmiro Gouveia, foi assassinado após uma troca de tiros com a polícia que ocorreu nessa terça-feira (11) , no Canindé de São Francisco, em Sergipe.

De acordo com as informações policiais, o suspeito, identificado como Edilson da Silva Nascimento, ou ‘Inhonho’, de 22 anos, teria praticado outro homicídio nessa terça, que vitimou José Messias Farias Silva, 36, no bairro Olaria, em Canindé. Durante a operação, deflagrada no intuito de prender os suspeitos, a policia encontrou e prendeu Bruno Emanoel da Silva Carvalho, de 18 anos, que também teria participado da ação criminosa.

Bruno informou aos militares o endereço onde ‘Inhonho’ estaria escondido e, ao chegar no local, a polícia foi recebida a tiros. Após revidar, os militares atingiram o suspeito, que morreu na hora.

O crime

O Husani Yau Silva e Gonçalves, de 30 anos, confraternizava com amigos quando um homem se aproximou e efetuou dez disparos de arma de fogo. Sete tiros atingiram o músico na cabeça, tórax e braço. Muitas pessoas testemunharam o ocorrido e o crime gerou tumulto no local.

O músico foi levado às pressas por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital de Emergência de Arapiraca, no entanto, não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu horas depois na unidade de saúde.

Leia mais

Músico é baleado no ‘Corredor da Folia’ no Sertão

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações