Receita Federal apreende 808 quilos de cocaína em carga de bananas

Cocaína estava escondida em carga de bananas em Suape, no Grande Recife — Foto: Receita Federal/Divulgação

A Receita Federal apreendeu, nesta sexta-feira (21), 808,2 quilos de cocaína escondidos em uma carga de bananas, no Porto de Suape, no Grande Recife. De acordo com a Alfândega, esta é a maior apreensão da droga da história do complexo portuário.

Segundo o delegado da Alfândega, Carlos Eduardo Oliveira, por volta das 16h, fiscais vistoriavam três contêineres usados para exportar bananas para a Bélgica. Durante a operação, um escâner apontou irregularidades em uma das cargas e, por causa disso, os agentes decidiram fazer uma inspeção mais minuciosa.

“Eram três contêineres de banana. O Raio-X apontou que um deles tinha alguma coisa estranha. Quando abrimos o contêiner, verificamos que tinham os pacotes. Com o teste realizado e confirmamos que era cocaína”, afirma Carlos Eduardo.

“Vimos que, em algumas caixas, havia tabletes da droga, até então não identificada. Não havia drogas em todas as caixas. O material estava muito bem embalado, em sacos plásticos e envolto em pó de café. Esta foi a maior apreensão de cocaína da história do Porto de Suape”, afirma Carlos Eduardo.

A tática de esconder cocaína em embalagens envoltas em pó de café é usada para despistar cães farejadores. Ainda segundo Carlos Eduardo, informações sobre a identidade do dono da carga ou a origem da droga não podem ser repassadas para não atrapalhar as investigações. As investigações ficam a cargo da Polícia Federal.

A segunda maior apreensão de cocaína no porto ocorreu em 2011, quando foram achados 530 quilos da droga numa carga de gesso.

Fonte: G1

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações