Presa dupla que assassinou jovem em Branquinha

Armas, drogas e celulares apreendidos com os dois acusados (Foto: ASCOM/PC)

Dois homens identificados como Vinícius Roberto da Silva, conhecido como “Nem”, e Antônio Carlos da Silva, o “Ninho”, foram autuados nesta quarta-feira (31) na 11ª Delegacia Regional de Polícia (11ª DRP), em União dos Palmares, comandada pelo delegado Valter Nascimento.

A prisão aconteceu após denúncias da existência do tráfico de drogas no Povoado Santa Fé. Militares do 2º Batalhão da PM foram ao local e conseguiram apreender drogas (crack e maconha), armas de fogo, munições e aparelhos celulares usados pelos acusados. Outros dois homens suspeitos também da prática de tráfico conseguiram fugir.

Um levantamento feito da 11ª DRP descobriu que a dupla presa tinha mandados de prisão em aberto expedidos pelo Poder Judiciário da Comarca de Murici pela acusação de crime de homicídio.

De acordo com investigações feitas pelo delegado Sidney Tenório, que responde pelas delegacias de Murici e Branquinha, e que representou pela prisão dos acusados, “Nem” e “Ninho” foram os autores do assassinato, ocorrido no dia 6 de julho último, do jovem Ivaldo Pereira da Silva, morto a golpes de facão. Um terceiro homem identificado como “Favela” também participou do crime e está foragido.

Após cometerem o homicídio, o trio foi se esconder no Povoado Santa Fé, onde abriram uma “boca de fumo” e foram denunciados pela população.

Na operação da PM, o homem conhecido como “Favela” conseguiu se evadir ao cerco policial, mas “Nem” e “Ninho” foram presos e se encontram recolhidos na carceragem da Delegacia Regional de União dos Palmares, aguardando transferência para o sistema prisional.

Fonte: Ascom PC/AL

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações