Condenado a 21 anos, ex-coronel Cavalcante consegue habeas corpus e é libertado

Caio Loureiro / Dicom TJ

A defesa do ex-coronel Cavalcante – condenado por homicídio qualificado no último dia 23 de agosto – conseguiu um habeas corpus que deverá ser cumprido nesta quarta-feira (11).

Leia também: Coronel Cavalcante é condenado a 21 anos de prisão pelo assassinato do cabo Gonçalves

O pedido foi realizado pelo advogado de defesa do ex-militar, Rossemy Doso, junto a Câmara Criminal, onde os desembargadores João Azevedo Lessa, José Carlos Motta Marques e Celyrio Adamastor, concederam a liberdade provisória a Cavalcante.

O habeas corpus será encaminhado à 16ª Vara Criminal para a liberação do preso.

O caso

O ex-coronal Cavalcante foi condenado a 21 anos de prisão pelo homicídio de José Gonçalves da Silva, conhecido como Cabo Gonçalves, ocorrido em 1996, em Maceió.

O ex-militar foi apontado como integrante da extinga “Gangue Fardada”, que era composta por policiais e ex-policias e apontada como responsável de diversos crimes cometidos nas décadas de 80 e 90 em diversos municípios de Alagoas.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações