Oito vereadores têm mandatos cassados em Joaquim Gomes

Luzamir Carneiro/JGnoticiasLuzamir Carneiro/JGnoticias

O destino político de oito vereadores de Joaquim Gomes foi decidido na tarde dessa quarta-feira (15). Eles tiveram os mandatos cassados após serem acusados de praticar um suposto “mensalinho” na Câmara Municipal.

A sessão extraordinária composta por dez dos onze parlamentares decidiu pela cassação dos mandatos de: Edivan Antônio da Silva (PPS), Antônio Gonzaga Filho (PSL), Edvaldo Alexandre da Silva Leite (PPS), Cícero Almeida Lira (PPS), Adriano Barros da Silva (PRP), Antônio Márcio Jerônimo da Silva (PR), Antônio Emanuel de Albuquerque de Moraes Filho (PR) e Tereza Cristina Oliveira de Almeida (PSDB).

A denúncia foi ofertada pelo Grupo de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc), do Ministério Público Estadual (MPE) e aponta uma série de irregularidades como o recebimento de propinas do prefeito cassado Toinho Batista (PSDB).

O prédio teve reforço do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). Populares também acompanharam o julgamento realizado pela Comissão Especial de Inquérito (CEI) da casa.

Fonte: Com JG Notícias

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações