Polícia


Pernambucano é assassinado no Vergel do Lago

Poal confirma outros quatro homicídios e duas mortes a esclarecer.

Depois de o governo do estado finalmente assumir que os números de homicídio em Alagoas não diminuíram conforme esperado após implantação do Brasil Mais Seguro, a Perícia Oficial de Alagoas (Poal) emitiu relatório confirmando cinco novos homicídios e outros dois casos de morte a esclarecer (MAE). Os números correspondem ao último plantão com intervalo das 7h do dia 1°, até as 7h do dia 02/01. No relatório do Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciods) contam apenas dois casos de homicídio.

Entre os assassinatos está o do pernambucano Leonildo Silva de Souza, de 33 anos, executado com tiros nas costas e na cabeça. O crime ocorreu ainda durante a manhã de sexta-feira, dia 1°, próximo a uma instituição religiosa, No Vergel do Lago. A polícia não divulgou detalhes sobre como se deu o crime ou sua autoria.

Outro caso foi o de um homem identificado apenas pela alcunha de ‘Tinho’. Com cerca de 26 anos, Tinho foi morto com dois tiros na cabeça quando transitava próximo a estação de trem, em Bebedouro. Também neste caso a polícia não tem detalhes do crime.

Ainda deram entrada no IML o jovem Egídio da Silva Oliveira, de 23 anos, morto a tiros na zona rural de Joaquim Gomes; Antônio Olímpio dos Santos, de 58, também morto a tiros na cidade de Cajueiro; Além dos dois casos de morte a esclarecer (MAE): Ronivaldo José da Silva, de 31 anos, encontrado morto em uma fazenda, no município de Murici, e Marciel Marques dos Santos, de idade não revelada, encontrado morto em São José da Lage.

Em Arapiraca há o registro da entrada de três corpos, sendo um deles vítima de violência e os outros dois vítimas de acidentes de trânsito. José Antônio Leite de Holanda havia dado entrada na Unidade de Emergência de Arapiraca, vítima de tiro, mas não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito. As vítimas de acidentes de trânsito são José Cícero Duarte Felix, de 44 anos, acidente ocorrido em Palmeira dos Índios, e Juarez dos Santos, de idade não divulgada. O acidente ocorreu na cidade de Porto Real do Colégio.

Atentados

Corroborando com a ‘onda’ de violência, outros quatro atentados foram registrados durante o último plantão policial. Um adolescente de 15 anos, ainda sem identificação, foi baleado no tórax e socorrido ao Hospital Geral do Estado (HGE) por populares. O atentado foi registrado nas proximidades da Guarda Municipal do Vergel do Lago. Consta no Ciods que o jovem teria reagido a um assalto.

No Inocoop, parte alta de Maceió, duas mulheres foram agredidas por um adolescente durante uma tentativa de assalto. O jovem de 17 anos – que não pode ter o nome divulgado por impedimento legal – esfaqueou uma anciã de 61 anos, identificada como Zenilda Quintino Ribeiro e sua filha Valquíria Quintino Ribeiro, de 43. Mãe e filha foram socorridas por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhadas para o HGE.

Por fim, Deivison Tiago Carvalho da Silva, de 30 anos, escapou de atentado ocorrido na Rua Tiradentes, na Ponta Grossa. Um projétil de arma de fogo atingiu a perna de Tiago que foi socorrido por familiares para o HGE.

Não há informações oficiais sobre o estado de saúde das vítimas de atentado.

Até a publicação desta matéria também não há confirmação da prisão de suspeito, exceto no caso do adolescente que esfaqueou mãe e filha. O menor foi apreendido e conduzido à Central de Polícia para procedimentos cabíveis.

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>