Polícia


Operação PF: Prefeitos são acusados de desvio de R$ 5 mi do Fundeb

Acusados podem ter desviado até R$ 5 milhões do Fundeb.

A Polícia Federal deu início nas primeiras horas da manhã desta terça-feira, dia 04, a Operação ‘Cabipe’ em cumprimento a mandados de busca e apreensão nas cidades de Tanque D’Arca, Piaçabuçu e também em dois bairros de Maceió. Os prefeitos da cidade do Litoral Sul são acusados de desviar cerca de R$ 5 milhões do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

Cento e trinta policiais federais, divididos em 30 equipes, dez auditores da Controladoria Geral da União (CGU), cumprem 30 mandados de busca e apreensão e outros 34 de condução coercitiva – captura para interrogatório. Ao todo, 26 servidores e os prefeitos das duas cidades do interior devem ser afastados.

Em Maceió, os mandados estão sendo cumpridos nos bairros da Ponta Verde e na Gruta de Lourdes.

O nome ‘Cabipe’ significa "mentira" em Romani, língua falada pelos ciganos que fundaram a cidade de Tanque D’Arca.

No fim da manhã de hoje, às 10h, a PF concede entrevista coletiva à imprensa com mais detalhes. À frente da operação estão os delegados Igor Romário de Paula e Jorge Eduardo, além do superintendente regional da PF/AL, Omar Gabriel Haj Muss.

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>