Crime eleitoral: AL tem maior número de indiciamentos do país

Alagoas foi considerado o Estado com o maior número de indiciamentos do Brasil, por compra de votos.

Vanessa Alencar/Alagoas24horas/ArquivoTítulos de eleitor falsos foram apreendidos pela PF/AL nas eleições de 2008

Títulos de eleitor falsos foram apreendidos pela PF/AL nas eleições de 2008

A Polícia Federal divulgou levantamento sobre os crimes eleitorais praticados no Brasil entre os anos de 2006 e 2009. O chamado mapa do crime eleitoral no Brasil contém informações sobre o número de indiciamentos, os tipos de crimes cometidos, e o ranking dos Estados com maior incidência de casos.

A PF indiciou, no período indicado, mais de 5 mil pessoas por envolvimento em fraudes e outros crimes cometidos em eleições municipais, estaduais e federais. O estado de Tocantins teve o maior número de casos nesse sentido, 841 no total. Na sequência vem o Rio de Janeiro, com 486 casos, e o Maranhão, 408 casos. O Estado com o menor número de casos foi o Amazonas (25 casos).

O mapa divulgado pelo Jornal Nacional da Rede Globo, na noite desta quinta-feira, mostrou ainda que a lista dos crimes eleitorais não é pequena. Compra de votos, uso de título de eleitor falso, boca de urna, transporte ilegal de eleitores no dia do pleito, entre outros.

Nesse período a PF indiciou 1.178 pessoas por compra de votos no país. Desse total, 121 casos foram registrados em Alagoas, considerado o Estado com o maior número de indiciamentos do Brasil. Mato Grosso vem em seguida, com 115 casos e em terceiro lugar Tocantins, com 90 casos. O Piauí aparece no mapa em último lugar em indiciamentos, apenas 6 casos.

A Polícia Federal informou que foram mapeados os pontos críticos da violência nos Estados. Os programas utilizados pela PF para identificação de dinheiro ilegal nas campanhas será utilizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Polícia Federal em Alagoas informou, em entrevista recente à imprensa, que ainda faltam concluir 90 inquéritos – dos 700 inquéritos remanescentes das eleições municipais de 2008 – sobre crimes eleitorais. A polícia acredita que antes das eleições de outubro próximo, os inquéritos serão entregues.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações