Lula diz que investigações sobre corrupção seguirão seu ritmo normal

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que não é possível apressar o rito das investigações de denúncias de corrupção no País. Hoje (8), em seu programa quinzenal de rádio, Café com Presidente, Lula afirmou que o Executivo faz a apuração que é possível fazer. "O governo não pode fazer nada, a não ser esperar o rito normal que tem a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), o rito normal que tem o Ministério Público, que tem a Polícia Federal, que tem a Controladoria-Geral da República".

O presidente Lula destacou que a Justiça vai cumprir a sua parte nas investigações e que os culpados serão punidos. "Todos nós nascemos no mundo para sermos honestos, para sermos éticos, para ser digno. Se alguém falhou com isso, esse alguém tem de pagar. Independentemente de quem seja, tem de pagar".

Lula afirmou que as denúncias de corrupção não imobilizam o governo e que é preciso trabalhar, independente da crise. De acordo com o presidente, os trabalhos da CPI e do Congresso Nacional precisam ser compatíveis para que projetos importantes possam ser votados. "Espero que haja disposição de todos os deputados, senadores, do governo e da sociedade para, ao mesmo tempo em que a gente apure com rigor, a gente crie condições para o Congresso funcionar e votar as coisas importantes e o governo fazer aquilo que é o seu papel: trabalhar".

O presidente destacou, ainda, o crescimento da economia, da produção industrial e da geração de empregos: "nós precisamos trabalhar, independentemente da crise".

Fonte: Radiobrás

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações