IZA: a cantora que esperávamos

Dona de Mim, esse é o nome do primeiro trabalho da cantora Iza.  Conhecida no cenário pop nacional pelos sucessos “Esse Brilho é Meu”, “Pesadão” e o novo single “Ginga”, traz em meio a tantos hits explicitamente feitos para vender, um álbum completo, com a força e inspiração da mulher negra, e com alto apelo comercial.

iza-araraquara1

Iza está conseguindo trilhar um caminho que outras companheiras de profissão não conseguem segurar por muito tempo: a de ser manter firme no “esteriótipo da garota da periferia”. Ou como outras, que infelizmente devido ao preconceito não conseguem chegar às grandes rádios.

O termômetro do equilíbrio na produção do álbum é visível nas participações especiais, que vão desde Ivete e Tiaguinho, até Glória Groove e Rincon Sapiência, dois nomes que não são conhecidos do grande público.

Todo álbum de qualquer artista pretende passar uma mensagem, e Dona de Mim está bem claro: Prazer eu sou a Iza, esse é o meu som e vocês precisam ouvir.

E realmente precisamos ouvir. Junto com o lançamento dele, tivemos outros singles brasileiros divulgados que foram mais do mesmo, e de formas mal feitas.

As catorze músicas trazem um ritmo gostoso de se ouvir, com influência americana do soul americano, tambores da periferia, elementos do samba e do funk, tudo isso em um pop com letras fáceis de ouvir, com a malícia e paixão que está na alma do brasileiro.

Veja Mais

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações