Em vídeo, vítima é obrigada a ajoelhar antes de ser executada a tiros em Maceió

ReproduçãoEdi Mauro, momento antes de ser executado

Edi Mauro, momento antes de ser executado

Um vídeo chocante está circulando nas redes sociais. O vídeo registra os últimos momentos da vida do jovem Edi Maurio José do Nascimento Junior, 19 anos, assassinado com quatro tiros na cabeça na madrugada da última terça-feira (14). O caso foi relatado pelo Alagoas 24 horas apenas com as informações contidas no relatório do Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp), que dava conta de um jovem não identificado, morto na localidade conhecida como Pista Nova, que liga o Feitosa ao Jacintinho.

No vídeo, é possível observar, além da vítima, outras três pessoas, sendo dois homens vestidos com camiseta e bermuda, e uma mulher, além do elemento que filma a execução. A vítima é arrastada pela Avenida Pastor Eurico Calheiros em meio a agressões e ameaças até um trecho que dá acesso à grota. Chegando lá, a Edi Maurio é obrigado a ajoelhar, volta a ser agredido, clama por Deus, e é alvejado com o primeiro tiro. Na sequência, mais três tiros, até que o revólver fica sem munição.

Os assassinos exigem o tempo inteiro que a vítima deixe de se defender e ainda gritam ‘É o que porra”…. O vídeo é absolutamente chocante e teria sido divulgado imediatamente após a execução, como ‘aviso’. A reportagem do Alagoas 24 horas, em respeito à família, optou por não divulgar o vídeo, que deverá ajudar a polícia judiciária na elucidação do crime.

Veja Mais

Deixe um comentário