FotoSururu promove exposições simultâneas na capital

Ascom / Fmac

Exposições acontecem, também, no Museu Théo Brandão

O FotoSururu, encontro de fotografia que aconteceu na capital alagoana no mês de abril e projetou Maceió como um destino importante dentro dos grandes eventos da área no Brasil, terá exposições abertas até o dia 31 de maio. O projeto conta com o apoio da Prefeitura de Maceió, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac), que possibilitou estrutura, como palco, som e luz.

O projeto disponibilizou seis coleções, expostas em cinco casas importantes para o circuito cultural da cidade e no Maceió Shopping. As exposições, já abertas durante o encontro, e algumas ainda antes dele, reúnem trabalhos de artistas alagoanos e de todo o país

A primeira a ter o acesso liberado, abrigada no Maceió Shopping desde o dia 2 de abril, se chama “Mosaico”, e foi uma coletiva com temática livre de fotógrafos alagoanos. Esta, segue aberta até o dia 30 de abril. A segunda, inaugurada no dia 4 de abril, a qual seguirá aberta até 4 de maio no Complexo Cultural do Teatro Deodoro, recebeu o nome de “FOTOgrafandoPOESIA”: uma coletiva de ensaios baseada em poemas de autores alagoanos contemporâneos, dos fotógrafos Dilma Marinho, Gabi Coêlho, João Dionísio, Jorge Vieira, Lia Santos e Lucyelma.

“Tecendo Sentidos: Fotografia e Experiência Etnográfica”, alocada no Museu Theo Brandão, foi a terceira a ser aberta, no dia 9 de abril, e seguirá até o dia 12 de maio. Esta é o resultado da reunião de ensaios dos alunos de Antropologia Visual da Universidade Federal de Alagoas. O resultado da convocatória nacional para o evento está exposto no Museu da Imagem e do Som de Alagoas (Misa), desde o dia 10 de abril, e permanece até o dia 10 de maio, e reúne os selecionados nas categorias Ensaio e Foto Única.

No Iphan, a exposição Autorretrato, Atalho para Minha Poética, aberta desde o dia 18 de abril, reúne autorretratos dos alunos do Ateliê Jacqueline Hoofendy (RJ) e segue até o dia 18 de maio. Missão São Francisco: Nos Caminhos de Richard Francis Burton – ATO, na Fundação Pierre Chalita, é a que permanece aberta por mais tempo, até o dia 31 de maio, e reúne fotografias de Celso Brandão, Pierre Devin, Nair Benedicto, Fabiana Figueiredo, Fausto Chermont e filme de Pedro Amaral.

FotoSururu: primeiro encontro de fotografia criativa de Maceió

Os dias 19 e 20 de abril foram muito movimentados na capital alagoana, com a presença de gente de todos os cantos do Brasil, reunidos por um só objetivo: a participação num evento de fotografia criativa com repercussão nacional. O evento caminhou entre palestras no Misa, como a projeção comentada com Jacqueline Hoofendy, fotógrafa do Rio de Janeiro, e oficinas no Museu Théo Brandão, como a de Eder Chiodetto, curador especializado em fotografia, com mais de 70 exposições realizadas nos últimos 10 anos no Brasil e no exterior.

A segunda edição do evento já está confirmada para 2020.

Fonte: Ascom FMAC

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *