Com final frenético e pênalti perdido, Palmeiras e Corinthians empatam no Pacaembu

Reprodução/ESPN

Após mais da metade da partida sem tanto brilho, o clássico entre Palmeiras e Corinthians esquentou nos acréscimos no Pacaembu e terminou em 1 a 1, de maneira “maluca”. Michel Macedo fez um golaço aos 46 minutos. Bruno Henrique empatou para o time alviverde, aos 48. Antes, Walter já tinha defendido um pênalti cobrado por Scarpa.

O placar final não refletiu o que foi a partida. O Palmeiras teve mais volume ofensivo e chutou doze vezes contra a meta do Corinthians, a melhora alviverde foi no segundo tempo, embora com muitos erros de passes e até mesmo finalizações desperdiçadas ou na trave.

Parecia que venceria o duelo até o lateral-direito alvinegro Michel Macedo, substituto de Fagner, acertar um chute no ângulo da meta de Weverton. Para se ter ideia, aquele foi apenas o quarto chute certo corintiano no clássico.

Para evitar uma derrota que certamente traria pressão dos torcedores (Palmeiras era o mandante do clássico, com torcida toda a seu favor), Bruno Henrique marcou, após cruzamento de Dudu e bate e rebate na área, no primeiro ataque organizado após o gol do rival. Foi eficiente justamente na última tentativa.

O Palmeiras tem 67 pontos e está a sete do Flamengo, o líder do Campeonato Brasileiro. Já o Corinthians tem 49 e está no sexto lugar.

Ficha técnica
Palmeiras 1 x 1 Corinthians
Gols: Palmeiras: Bruno Henrique, aos 48min/2ºT Corinthians: Michel Macedo, aos 46min/2ºT

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos e Bruno Henrique; Dudu, Gustavo Scarpa (Carlos Eduardo) e Zé Rafael (Willian); Deyverson (Borja); Técnico: Mano Menezes

CORINTHIANS: Walter; Michel, Gil, Manoel e Danilo Avelar; Gabriel e Júnior Urso; Ramiro (Vagner Love), Pedrinho (Mateus Vital) e Janderson (Clayson); Boselli; Técnico: Dyego Coelho

Cartão amarelo: Palmeiras: Marcos Rocha e Thiago Santos; Corinthians: Gabriel

Público: 36.290 presentes (34.283 pagantes) Renda: R$ 1.420.520,00

 

Fonte: ESPN

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *