Ministério Público do Trabalho abre inscrição para seleção de estágio

O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Alagoas abriu, nesta quarta-feira (20), inscrições para o processo seletivo de estágio nas áreas de Administração, Comunicação Social (Jornalismo), Direito e Tecnologia da Informação. Os estudantes poderão realizar a pré-inscrição pelo site do MPT (www.prt19.mpt.mp.br) até às 12h, do dia 26.

A inscrição só será confirmada depois que o candidato entregar a documentação necessária, mais uma lata ou saco de leite em pó (400g, no mínimo), no prédio-sede em Maceió ou da Procuradoria do Trabalho do Município de Arapiraca, no horário das 8h às 14h.

Para participar da seleção, os estudantes deverão estar matriculados em instituições conveniadas com o MPT, cuja relação está disponível no edital do certame. A comprovação de conclusão de, no mínimo, 40% da carga horária ou dos créditos necessários para o término do curso superior será exigida apenas no ato de contratação.

“O programa de estágio no âmbito do Ministério Público do Trabalho, com vínculo de natureza não empregatícia, objetiva proporcionar a preparação do estagiário para a empregabilidade, para a vida cidadã e para o trabalho, por meio do exercício de atividades correlatas à formação profissional pretendida pelo estudante, em complementação ao conhecimento teórico adquirido na instituição de ensino”, ressalta a coordenadora-geral do processo seletivo, procuradora do MPT Virgínia Araújo.

As provas acontecerão no dia 1º de dezembro, das 9h às 12h, em local que será divulgado posteriormente pelo site do MPT/AL. O fechamento dos portões ocorrerá às 8h30, sendo vedada a entrada depois do horário limite.

Remuneração e cotas

Os estagiários receberão bolsa no valor de R$ 850 e auxílio-transporte no valor de R$ 7, por dia de efetivo estágio realizado. A carga horária da atividade acadêmica será de 20 horas semanais, distribuídas em jornadas de quatro horas, de segunda a sexta-feira. O estágio terá duração de até um ano, podendo ser prorrogado até o limite de dois anos.

Embora o processo vise formar cadastro de reserva, haverá destinação de 10% das vagas existentes e das que surgirem durante a validade do processo seletivo para pessoas com deficiência e 10% para pessoas que se declararem participantes do Sistema de Cotas para Minorias Étnico-Raciais. Do total de vagas, será reservado o percentual de 30% para candidatos negros.

O edital do processo seletivo está disponível no anexo, bem como imagens de apoio. Para mais informações, o Ministério Público do Trabalho atende à população pelo telefone (82) 2123-7900.

Fonte: PRT19

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *