Com coronavírus, jogador de futebol morre aos 25 anos

O boliviano Deibert Frans Roman Guzman se tornou o primeiro jogador de futebol a morrer de Covid-19, segundo informação publicada no jornal “The Sun”. O coronavírus também matou o pai e o tio do jovem de 25 anos, que atuava na segunda divisão.

Guzman jogava no Universidade de Beni, e perdeu a batalha para o vírus no início desta semana, após vários dias no hospital. A morte do jogador abalou ainda mais a família, que vive no estado de Beni. Logo depois da morte do jovem, o coronavírus levou também seu pai e seu tio.

Belizario Roman, era ex-presidente do clube onde Guzman atuava, e Luis Carmelo Roman era gerente do Deportivo Perejique, também da segunda divisão.

Guzman foi uma das grandes promessas do futebol boliviano, passando por vários times de categoria de base, chegando a atuar na primeira divisão, pelo Nacional de Potosí.

A Federação Boliviana de Futebol prestou homenagens a Guzman após o auncio de sua morte.

“A Federação Boliviana de Futebol expressa suas sinceras condolências ao amigo e à família de Deibert Roman Guzman, e pedimos a Deus força nesses momentos difíceis. Esta doença levou esportistas reconhecidos. É lamentável dar esse tipo de informação. Como associação, estamos consternados com o que está acontecendo no país e no mundo por causa de um vírus que tirou muitas vidas”, disse Angel Suarez, presidente da entidade.

Fonte: Extra

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *