Homem que atirou contra PM durante surto morre após cirurgia em hospital

Reprodução

Um homem, identificado como Cícero Tavares, de 33 anos, que trocou tiros com a Polícia Militar durante um surto em Lagoa da Canoa, morreu na noite de ontem (05) no Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca.

De acordo com dados policiais, o homem, que tinha problemas mentais, chegou a unidade hospitalar com vida, passou por procedimento cirúrgico, mas não resistiu aos ferimentos e entrou em óbito.

Na tarde de ontem, Cícero Tavares subiu no telhado de uma residência com uma arma de fogo e a Polícia Militar foi acionada. As equipes tentaram conversar com o acusado, mas ele se negou a descer do local e ainda chegou a gritar que ‘Estava para matar ou para morrer’.

Com a proximidade da PM, Cícero Tavares passou a atirar na direção das equipes, que revidaram.  O acusado ficou ferido e foi levado ao Hospital de Emergência do Agreste, onde acabou falecendo.

As armas utilizadas pelo acusado foram encaminhadas à Central de Polícia de Arapiraca, onde um bolteim de ocorrência foi lavrado por resistência. Foram apreendidas: uma pistola Walther Cal.7,65, duas munições Cal.32 intactas, três Cápsulas deflagradas Cal.32, seis cápsulas deflagradas Cal. 38, uma foice e uma uma Foicita.

Homem com surto psicológico sobe em residência e efetua disparos de arma de fogo

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *