Chá de revelação causou um dos incêndios na Califórnia, dizem bombeiros

Reprodução/TV Globo

Reprodução/TV Globo

Um “dispositivo pirotécnico gerador de fumaça”, usado em um chá de revelação, foi a causa de um dos incêndios na Califórnia, informou na madrugada desta segunda-feira (7) o Corpo de Bombeiros do Condado de San Bernardino, onde está o incêndio, cerca de 125 km a leste de Los Angeles.

O incêndio “El Dorado”, como foi identificado pelos bombeiros, começou na cidade de Yucaipa, perto de Oak Glen, às 10h23 (horário local; 14h23 no horário de Brasília) do sábado (5).

As chamas já destruíram 7.050 acres, o equivalente a cerca de 28,5 km quadrados. Apenas 5% das chamas foram controladas, segundo os bombeiros.

“O Cal Fire lembra ao público que, com as condições secas e tempo crítico para incêndios, não é necessário muito para começar um incêndio. Os responsáveis por começar um incêndio por negligência ou atividade ilegal podem ser responsabilizados criminal e financeiramente”, disseram os bombeiros em comunicado.

Centenas de resgates e temperaturas recordes

No fim de semana, 207 pessoas foram resgatadas por helicópteros militares depois que um dos incêndios as deixou presas em um local de acampamento na Floresta Nacional de Sierra, próxima a San Francisco, no norte da Califórnia. Pelo menos duas pessoas ficaram gravemente feridas e outras dez sofreram ferimentos moderados, segundo a Associated Press.

O incêndio, chamado de “Creek Fire” pelos bombeiros, carbonizou mais de 184 quilômetros quadrados de madeira, e os 800 bombeiros no local ainda não haviam contido as chamas nesta segunda (7), de acordo com informações da AP.

Temperaturas na casa dos 30ºC foram sentidas em várias zonas dos incêndios pelo estado. No centro de Los Angeles, chegou a 44ºC, segundo a AP. O recorde mais alto já registrado no Condado de Los Angeles foi no bairro de Woodland Hills, no Vale San Fernando, onde os termômetros marcaram 49,4ºC.

No centro de San Francisco, no norte do estado, o recorde foi de 37,7ºC. Na tarde de domingo, o serviço meteorológico anunciou que mais de 99% da população da Califórnia estava sob alerta de calor ou de calor excessivo.

Fonte: G1

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *