Alfredo Gaspar irá representar criminalmente JHC após denúncia de compra de votos

A Associação dos Cadeirantes de Maceió, através do presidente Tiago dos Santos, negou a acusação de crimes eleitorais envolvendo cestas básicas que teve como alvo o candidato à prefeitura de Maceió, Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB). A denúncia foi formalizada, junto à Justiça Eleitoral de Alagoas, pelo adversário político de Gaspar, João Henrique Caldas, “JHC” (PSB).

O ex-chefe do Ministério Público de Alagoas (MPAL), Gaspar afirmou que a denúncia se trata de “fake news” e é “típica de adversários sem conteúdo”. O candidato à prefeitura de Maceió pelo MDB ainda alega não ter qualquer responsabilidade sobre a distribuição de cestas, uma vez que sequer tinha conhecimento do benefício. Alfredo Gaspar também afirma que irá entrar com uma representação criminal contra JHC por denunciação caluniosa.

Em vídeo divulgado nessa segunda-feira (12), o presidente da Associação dos Cadeirantes de Maceió criticou a denúncia feita por JHC e a classificou como “infundada e não verdadeira”. Segundo ele, a acusação ainda pode prejudicar a distribuição de cestas básicas, provenientes de recursos do governo federal para combater os efeitos da pandemia. “Ninguém vai sujar o nome da nossa associação por politicagem de gente má que deseja só pisar em nós”, disse em entrevista ao Diário do Poder.

A ação tramita na Justiça Eleitoral sob o número 0600092-59.2020.6.02.0002.

Veja Mais

1 comentário

  • ELIANA Carvalho de souza says:

    Não creio que seja falsa, é a PRAXIS.
    Alguns mesmo dizem: “sem dinheiro não adianta se candidatar”.
    Moro em Ipioca só observo o andamento da CORRUPÇÃO, aqui é podre o processo.
    ME SINTO NAUSEADA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *