Irmão de suspeito de assassinato é preso pelo mesmo crime motivado por ciúmes

PC/AL

Uma ação realizada por policiais civis da Seção de Capturas, pertencente à Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic) prendeu um homem que estava foragido da justiça pelo crime de homicídio. Ele teve mandado de prisão expedido pela 7ª Vara Criminal da Capital.

O homem de 34 anos foi preso nessa terça-feira (20) no bairro Tabuleiro do Martins, em Maceió. A ação foi um desdobramento de outra operação realizada no dia anterior, também pela Deic, que resultou na prisão do irmão dele, pelo mesmo assassinato, como foi relatado pelo Alagoas 24 Horas. RELEMBRE AQUI.

As investigações da PC apontam que, ainda no ano de 2016, por volta das 21h, os dois irmãos teriam atentado contra a vida de Marcelo Felipe Ferreira da Silva. Crime que ocorreu em frente à casa da vítima, quando Marcelo foi alvo de disparos de arma de fogo no bairro Tabuleiro do Martins.

A investigação ainda concluiu que a motivação do crime foi o fato de a vítima ter pedido cerveja, minutos antes, à mulher do irmão dele, em um bar localizado no mesmo bairro, o que teria ocasionado ciúmes no companheiro dela.

“Diante do acervo probatório produzido pela Polícia Civil, o juizo da 7ª Vara pronunciou os dois irmãos, além de decretar-lhes a prisão preventiva no dia 6 de abril de 2017, momento em que eles passaram a condição de foragidos”, disse o delegado Gustavo Henrique.

Há cerca de dois meses os mandados de prisão foram recebidos pela DEIC, momento em que a unidade Especializada passou a realizar uma série de diligências, por meio dos policiais civis da Seção de Capturas, com o apoio do Disque Denúncia 181, resultando na prisão dos dois acusados pelo homicídio.

“Ressalto mais uma vez a importância da ajuda dada pela população de bem no combate à criminalidade no Estado, por meio da feramente Disque Denúncia 181, que nunca é demais lembrar, garante sigilo absoluto ao(s) denunciantes(s). Lembro que diversos criminosos têm sido retirados de circulação em Alagoas pela Seção de Capturas, exatamente por conta desse apoio da sociedade ao trabalho das forças policiais”, concluiu o diretor da DEIC.

Após a captura, o preso foi levado para a sede da DEIC, no bairro da Santa Amélia, onde foi formalizado o cumprimento do mandado de prisão, sendo em seguida conduzido ao sistema prisional, onde permanecerá a disposição da Justiça.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *