Ação da polícia prende acusados de lesar e agredir idosos em Alagoas

Filho e neta foram detidos.

Ascom PC/AL

Idosa era mantida em condições subumanas pela neta.

A Polícia Civil prendeu três pessoas acusadas de lesar e agredir idosos em Alagoas. A ação policial, coordenada pela delegada Bárbara Arraes, faz parte da Operação Vetus, do Ministério da Justiça, e ocorreu simultaneamente nos 26 estados da federação e no Distrito Federal. Três mandados foram cumpridos em Alagoas, sendo dois em Maceió e um em São Miguel dos Campos.

Em São Miguel, um homem de 61 anos, proprietário de uma empresa que intermedia empréstimos junto a instituições financeiras, foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva. Segundo denúncias, a empresa cobrava quase 30% de comissão somente para intermediar empréstimos, operações que poderiam ser realizadas diretamente pelo cliente junto aos bancos.

As investigações apuraram que o empresário intermediou um empréstimo de aproximadamente R$ 12 mil para uma idosa analfabeta, e enviou um funcionário para acompanhá-la até o caixa do banco para sacar o dinheiro.

Este funcionário, de posse do cartão e senha da vítima, sacou R$ 2 mil, entregando para a vítima, e ao devolver o cartão, trocou por um inutilizado. Nos dias seguintes, realizou transferências e saques que totalizaram um desfalque na vítima de R$ 10 mil. A idosa acabou falecendo durante a investigação.

Maceió

Em Maceió, uma equipe do 6º Distrito Policial, que recepciona casos de abusos contra idosos, comandada pelo delegado Robervaldo Davino, cumpriu mandado judicial que determinou a internação compulsória de um homem de 42 anos, acusado de espancar os pais na residência, situada no bairro de Ponta Verde. “Agora, ele está sendo encaminhado ao Manicômio Judiciário”, disse o delegado.

Outro caso solucionado foi o de uma neta, de 16 anos, que estava usando indevidamente o cartão bancário da avó para gastos pessoais, e que chegou ao conhecimento da polícia por meio do disque denúncia (181). A ação policial aconteceu no bairro do Poço, tendo o cartão bancário sido apreendido e entregue a uma filha da idosa. No local, os policiais constataram uma situação de abandono.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *