Municípios alagoanos decidem endurecer medias para enfrentamento da Covid-19

Antes mesmo do governador Renan Filho (MDB) determinar novas medidas de enfrentamento da Covid-19 no Estado, muitos municípios do Estado anunciaram, na manhã desta quinta-feira, 4, que irão adotar medidas restritivas para conter o avanço da doença.

O prefeito de Maragogi, Fernando Sergio Lira Neto, informou que decidiu retroceder no Plano de Distanciamento Social Controlado estabelecido pelo Governo do Estado e agora está entre as fases amarela e laranja. Isso significa que haverá limitação da frequência do comércio, hotéis e pousadas da cidade, que é um dos principais destinos turísticos do Estado. Além disso, o prefeito determinou o fechamento de hostel’s, limitação do transporte aquaviário e disciplinamento de transportes complementares dentro do território municipal.

Outra medida importante anunciada pela prefeitura de Maragogi diz respeito à Educação. As aulas terão início no dia 25 deste mês, no entanto, a modalidade híbrida só irá funcionar para os alunos de quintos e nonos anos da rede municipal, somente com professores que já foram imunizados. “Pode ser que com um pouco de sorte e o alerta de conscientização da população pode ser que dê certo. Cada um cumpra seu papel”, disse Fernando Lira.

A cidade de Marechal Deodoro também adotou uma série de medidas que entram em vigor nesta sexta-feira e permanecerão por um período de 15 dias, podendo ser prorrogado de acordo com a necessidade. A decisão foi tomada após recomendações do Ministério Público Estadual (MPE).

Assim, bares e restaurantes deverão funcionar até as 22h, atendendo capacidade máxima de 50%. Apresentações musicais, ao vivo, estão mantidas, todavia, os clientes não poderão dançar. Também ficou decidido que as academias funcionarão com lotação máxima de 70% e que os alunos deverão frequentar o espaço em horário marcado. Não será permitida a realização de “aulões”.

O comércio continuará funcionando, mas não pode haver aglomerações. As igrejas deverão manter 70% de ocupações, com cultos e solenidades de uma hora, no máximo.

Já os transportes complementares, em especificadamente micro-ônibus só poderão transitar com a capacidade máxima estabelecida pelo número de assentos mais sete pessoas em pé. Os cobradores deverão portar borrifadores com álcool, permitir somente a entrada de pessoas com máscara de proteção e circulação dos veículos somente com os vidros abertos.

No caso dos transportes, a prefeitura garantiu a realização de mais uma ação de testagem de todos os motoristas, taxistas e cobradores, assim como a higienização de todos veículos. Também serão retomadas as barreiras sanitárias nos locais de maior circulação de turistas e visitantes, a exemplo da Praia do Francês.

Além dos dois municípios citados, outros 14 informaram, até o momento, que também adotaram medidas restritivas de enfrentamento à Covid-19. O levantamento está sendo realizado pela Associação dos Municípios Alagoanos (AMA). Segue a lista:

– Maribondo
– Campo Alegre
– Viçosa
– Anadia
– Feliz Deserto
– Branquinha
– Santana do Mundaú
– Satuba
– Olivença
– Santa Luzia do Norte
– Ouro Branco
– Boca da Mata
– Maragogi
– Canapi
– Colônia Leopoldina
– Marechal Deodoro

Veja Mais

Deixe um comentário