Rodoviários paralisam ônibus em protesto à contratação de diaristas

Cortesia ao AL24h

 

Os usuários do transporte coletivo da capital enfrentam as consequências de mais um embate entre rodoviários e trabalhadores em busca dos seus direitos trabalhistas. Dezenas de coletivos estão sendo retidos no entorno da Praça do Centenário em protesto à contratação de diaristas para substituir os grevistas na paralisação anunciada para esta sexta (9).

De acordo com a assessoria do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de Alagoas (Sinttro/AL), os coletivos que estão no percurso Farol/Centro estão sendo retidos até às 11 horas. Uma greve geral da categoria está prevista para amanhã. O trânsito está bastante lento na região.

O Tribunal Regional do Trabalho agendou para a tarde de hoje uma audiência de conciliação do dissídio coletivo da categoria. Os trabalhadores exigem pagamento de plano de saúde e ticket alimentação. Na última segunda (5), a justiça considerou abusiva a operação padrão anunciada pela categoria e que previa a circulação de ônibus apenas após o meio-dia na capital.

SINTURB

O Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió (Sinturb) esclarece que o Sinttro-AL descumpre a sentença judicial, que proíbe greve, piquete ou qualquer tipo de paralisação do transporte urbano de Maceió.

Com a greve realizada nesta quinta (8), os rodoviários ocasionaram uma aglomeração de passageiros dos ônibus que foram impedidos de circular, tendo que desembarcar em via pública, ferindo assim o decreto estadual.

As empresas de ônibus reiteram ainda que está previsto na sentença uma multa diária de R$ 50 mil pelo seu descumprimento, e o fato ocorrido hoje será relatado ao desembargador do TRT.

Veja Mais

Nota de pesar

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB-AL) lamenta profundamente o falecimento do Sr. Antônio Félix Menezes, sogro do...

Deixe um comentário