Empreenda na dose certa

Empreender é uma coisa que passa de mãe para filho, portanto a gente já nasce sabendo. Sim, nascemos sabendo. Nesta fase da vida, a única coisa que precisamos é empreender para o nosso crescimento e adaptação ao mundo. E até que tenhamos o poder da escolha, tudo acontece de forma muito natural e correta.

Importante: Empreendedor não é só aquele que tem um CNPJ (cadastro nacional de pessoa jurídica). Todos nós somos Empreendedores. Engana-se quem pensa que não empreende. Se você cruzar os braços, estará empreendendo para uma vida neutra e sem sucesso.

É tudo muito perfeito, até que entra o nosso poder de escolha e decisão, e começamos a empreender na dose errada. Isso se dá porque queremos resultados imediatos.

A primeira característica positiva do Empreendedorismo é o choro. Uma vez que chegamos a este mundo sem nenhuma informação, o choro é espontâneo e inconsciente. E funciona muito bem até certo ponto.

A criança chora para conseguir o que precisa: alimento, carinho, remédio etc. Mas, entenda, o que ontem foi fundamental para a nossa sobrevivência, não significa que continua sendo hoje e amanhã.

Circunstâncias e importâncias mudam com o tempo, portanto o choro não é a melhor saída para o resto da vida, pelo contrário, depois que aprendemos e adquirimos o poder de pensar, escolher e decidir, chorar é extremamente prejudicial para que alcancemos uma vida bem-sucedida.

 

Você cresceu?

Deixe de ser chorão e vá buscar o que você quer!

Empreenda… na dose certa!

 

O que é empreender na dose certa?

É ter uma ideia, olhar para o futuro e imaginar esta ideia realizada em um determinado período de tempo. E, então, começar a fazer tudo o que precisa ser feito, mesmo que não tenhamos prazer momentâneo.

*  é Coach para Empresários e Empreendedores, diretor nacional de relações com investidores da AbrapCoach, autor e coautor de livros sobre desenvolvimento humano.

 

Veja Mais

Felicidade Tóxica

“Não há possibilidade alguma de ele (programa da felicidade) ser executado; todas as normas do universo são-lhe contrárias. Ficamos inclinados...

A Grande Família Humanidade

Embora a realidade contemporânea ofereça-nos panorama de violência doméstica; de número cada vez maior de jovens envolvendo-se com drogas; da...

Deixe um comentário