Estudante de enfermagem é preso acusado de abusar sexualmente do irmão portador de Síndrome de Down

Um estudante de enfermagem pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal) foi preso durante uma operação de flagrada pela Gerência de Inteligência Policial (Ginpol), da Polícia Civil, na tarde desta terça-feira (21) em Maceió. O acusado, de 24 anos, é suspeito de abusar sexualmente do próprio irmão, de 10 anos, portador da Síndrome de Down.

De acordo com as investigações, o abuso consistia na prática de atos libidinosos com intuito de compartilhamento através de meios eletrônicos, especialmente via Skype e Telegram.

Ação dos policiais civis e coordenada pelo delegado Thales Araújo, deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pelo Juiz Alfredo dos Santos Mesquita, da 5ª Vara Criminal de Arapiraca.

O abuso, segundo as investigações, consistia na prática de atos libidinosos para posterior compartilhamento, através de meios eletrônicos, especialmente skype e telegram, onde também compartilhava e recebia outros conteúdos relacionados à pornografia infantil.

Conforme informações do Ginpol, no dia 15 de março deste ano, já havia sido cumprido um mandado de busca e apreensão na residência do acusado.

Veja Mais

Deixe um comentário