CBF encaminha acordo com Fernando Diniz para técnico interino enquanto Ancelotti não chega

Treinador não deixaria o Fluminense e acumularia cargo

Marcelo Goncalves/Fluminense Football Club

Fernando Diniz, técnico do Fluminense

A CBF chegou a um acordo com Fernando Diniz para ser o técnico interino da seleção brasileira enquanto aguarda Carlos Ancelotti deixar o Real Madrid. A informação é do ge.

A entidade também deixou alinhado com o Fluminense que ele assumiria apenas em Datas-Fifa para comandar o Brasil nas Eliminatórias da Copa do Mundo e amistosos. E não deixaria o clube.

Segundo O GLOBO apurou, o nome não era o único alvo entre treinadores brasileiros que poderiam ocupar o cargo de interino, mas foi a opção que mais agradou aos jogadores neste momento.

Entretanto, ainda faltavam alguns detalhes para sacramentar tudo e haver o anúncio esta semana. A CBF ainda não confirma, assim como empresários ligados a Fernando Diniz.

O técnico é agenciado por Giuliano Bertolucci, que foi procurado, mas não retornou contatos.

A CBF entende que não seria interessante tirar treinador de clube brasileiro para ocupar a função. O único nome que teria alguma chance seria de Rogério Ceni, mas foi rechaçado.

Dorival Júnior também esteve cotado, mas por estar no São Paulo a possibilidade não foi adiante. O presidente da CBF, Ednaldo Rodriguez, não queria fazer convites para não deixar muitas pistas.

Carlo Ancelotti é esperado para assumir a seleção no meio de 2024, quando termina seu contrato com o Real Madrid. Se ele vier antes, o técnico interino poderia encerrar o trabalho em janeiro.

Fonte: Extra Online

Veja Mais

Deixe um comentário

Vídeos