Influencer brasileira que denunciou estupro coletivo mostra ferimentos: ‘Não desejo a ninguém’

O casal Fernanda Santos e Vicente Barbera denunciou um estupro coletivo durante viagem à Índia — Foto: Reprodução

A influencer brasileira Fernanda Santos e o marido Vicente Barbera mostraram os ferimentos provocados por criminosos que os atacaram durante a noite de sexta-feira (1º), no distrito de Dumka, na Índia. Fernanda relatou ter sido vítima de um estupro coletivo cometido por 7 homens. Segundo a embaixada do Brasil em Nova Déli, três suspeitos foram presos.

O casal faz viagens de motocicleta e tem um perfil nas redes sociais no qual deu detalhes do ataque: “Algo aconteceu com a gente que não desejo a ninguém. Sete homens me estupraram, eles nos bateram e nos roubaram, apesar de não levarem muitas coisas porque o que eles queriam era me estuprar. Estamos no hospital com a polícia”, disse Fernanda.

“Meu rosto está assim, mas não é o que mais me dói. Achei que íamos morrer. Graças a Deus estamos vivos.”
Fernanda e Vicente viajavam de moto até o Nepal, segundo a imprensa local, mas decidiram acampar Dumka e foram atacados pelo grupo durante a noite.

As vítimas receberam atendimento médico e denunciaram o crime às autoridades policiais, que identificaram os suspeitos. Até o momento, três foram localizados e presos.

Em um vídeo publicado no perfil, Vicente mostrou os ferimentos na cabeça e na boca.

“Fernanda está pior do que eu. Eles me bateram com o capacete várias vezes e com uma pedra na cabeça. Graças a Deus ela estava vestindo a jaqueta [de motociclista] e isso amorteceu um pouco dos golpes.”

Ao g1, a embaixada do Brasil em Nova Déli informou que o crime ocorreu enquanto a vítima viajava junto com o marido dela – de origem espanhola – pelo continente asiático.

Em nota, a embaixada brasileira afirmou que “seguirá à disposição para prestar toda a assistência cabível e acompanhar todos os desdobramentos do caso, em estreita coordenação com as autoridades espanholas e indianas”.

Fonte: g1

Veja Mais

Irã envia dezenas de drones para atacar Israel

Autoridades israelenses consideravam que ataque iraniano era iminente depois que o governo do Irã prometeu responder ao bombardeio israelense na embaixada do Irã na Síria, que matou comandantes da Guarda Revolucionária.

Deixe um comentário

Vídeos