Vitória perde para o São Raimundo em Manaus

Em um jogo onde sobraram faltas e faltou técnica, o São Raimundo bateu o Vitória por 1 a 0, no estádio Vivaldão, em Manaus. Com o resultado, o time amazonense mantém seu bom retrospecto em casa, enquanto o baiano novamente obtém um resultado negativo fora do Barradão.

O São Raimundo está invicto como mandante. Em cinco partidas, conquistou duas vitórias e três empates. Já o Vitória tem um desempenho pífio como visitante. Em seis partidas, conseguiu vencer apenas uma vez, empatou duas e perdeu três – um aproveitamento de 27,7% dos pontos.

Fatos curiosos ocorreram antes da partida. Os donos da casa foram impedidos pela administração do estádio para fazer o reconhecimento do gramado, enquanto os visitantes tiveram trânsito livre para adentrar o campo. Além disso, a arbitragem atrasou o início do jogo em 10 minutos por que não havia uma ambulância no Vivaldão.

Com a bola rolando, as equipes se preocuparam mais em parar o adversário do que buscar efetivamente o gol. Isso proporcionou um festival de chances com a bola parada, com os jogadores acertando a trave em três oportunidades, duas com Alecsandro para o Vitória e uma com Cristiano para o São Raimundo.

Mas foi com a bola rolando que o time de Manaus chegou à vitória, com o próprio Cristiano, após bobeira do zagueiro Claudiomiro. O gol confirmou os números do ataque do São Raimundo. O setor ofensivo do time vai muito bem em casa, marcando oito de seus 10 gols jogando no Vivaldão.

A vitória deste sábado tira o São Raimundo da lanterna da Série B, elevando a equipe para a 17ª posição, com 12 pontos. O Rubro-Negro baiano cai para a sexta posição, com 15 pontos.

Na próxima rodada, o Vitória recebe o Náutico, sábado, às 16h, no Barradão. No mesmo horário, o São Raimundo enfrenta o CRB, em Alagoas.

O jogo
O primeiro tempo foi muito truncado, com as equipes cometendo muitas faltas. A primeira chance de gol só aconteceu aos 20min. Após cruzamento da direita, Doriva subiu sozinho, no meio da defesa do Vitória e cabeceou para fora.

Com tantas faltas, a primeira grande chance do Vitória aconteceu em uma jogada de bola parada. Aos 29 min, Alecsandro cobrou falta e a bola explodiu no travessão. O São Raimundo também respondeu numa falta aos 34min. Guara bateu a infração em direção à área e Cristiano cabeceou na trave.

A melhor jogada com a bola rolando também foi do time amazonense. Aos 36min, Reginaldo passou pela defesa rubro-negra e chutou forte, obrigando Felipe a fazer grande defesa.

A última chance do Vitória no primeiro tempo também aconteceu em uma jogada de bola parada, num escanteio. Após cobrança de escanteio, Alecsandro subiu sozinho, o goleiro Peçanha fez grande defesa, com a bola batendo no travessão e saindo.

Para o segundo tempo, o técnico René Simões mexeu no meio-campo do Vitória, com a saída de Arivelton para a entrada de Ferdinando, visando melhorar a armação de jogadas da equipe. Mas quem começou bem foi o São Raimundo, que abriu o placar logo aos 3 min. Após bobeira de Claudiomiro, Cristiano tomou a bola e chutou forte, para o fundo do gol de Felipe.

Com o gol, o Vitória foi para o ataque e passou a pressionar o time amazonense. Mas quem teve as melhores chances, no contra ataque, foi o time amazonense. Aos 12 min, Reginaldo driblou dois defensores e chutou rente a meta rubro-negra.

A bola parada continuava a proporcionar momentos de perigo. Em uma cobrança de escanteio, Sandro Silva subiu entre os zagueiros e obrigou o goleiro Felipe a fazer grande defesa, mandando a bola para escanteio.

Aos 30min, quase Claudiomiro entrega de novo o Vitória. O zagueiro perdeu para a bola Sandro Silva na saída para o ataque. O atacante chutou forte e novamente Felipe salvou o Rubro-Negro. O time baiano pressionou o São Raimundo até o final, mas de forma desorganizada, sem levar perigo ao gol de Peçanha.

Fonte: Uol

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *