SEMED implanta núcleo sobre diversidade étnico-racial

A equipe formadora e técnica da secretaria municipal de Educação (Semed) se reuniu hoje para implantação do projeto do Núcleo de Reflexão, Pesquisa e Estudos sobre Diversidade Étnico-Racial nas escolas da rede municipal de ensino. Durante o encontro, também foram distribuídas as novas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana.
A reunião foi marcada por uma série de discursões a cerca da temática étnico-racial no sistema atual de ensino. A equipe da Semed, que desenvolve a formação continuada para professores da rede municipal, debateu sobre a implantação da lei de Nº 10639/03, que obriga o ensino de história e cultura afro-brasileira e africana no currículo escolar do ensino fundamental e médio.
O Núcleo de Reflexão, Pesquisa e Estudos sobre Diversidade Étnico-Racial da Secretaria foi criado em 23 de maio, na portaria nº 13. De acordo com a coordenadora, Rosário de Fátima, o principal objetivo do projeto é reorientar a comunidade escolar, resgatando posturas e valores na prática pedagógica, no sentido de valorizar a diversidade étnico-racial na rede oficial de ensino. “Nossa maior preocupação agora é traças as medidas para direcionamento das ações que vão ser adotadas pelos educadores da rede municipal”, disse ela.
Com a implantação do programa, os formadores pretendem buscar uma estrutura funcional para o Núcleo e uma maior articulação com as instituições estaduais e nacionais, que também já possuem trabalhos voltados para a diversidade étnico-racial. Entre outras ações, o Núcleo também vai promover debates em fóruns, congressos e seminários referentes à temática, além da realização de oficinas, palestras e mesas-redondas, com técnicos, professores e alunos.
NOVAS DIRETRIZES – No final da reunião, a equipe de formadores da Semed também recebeu as novas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana. De acordo com o MEC, as novas medidas adotadas pelo programa visam eliminar as discriminações e promover a inclusão social e a cidadania para todos no sistema educacional brasileiro.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações