TRE adia julgamento do recurso contra a prefeita e o vice de Estrela de Alagoas

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) adiou para a próxima terça-feira o julgamento do recurso contra a prefeita de Estrela de Alagoas, Ângela Garrote (PP) e seu vice, José Teixeira de Oliveira (PP). Eles são acusados pelo segundo colocado nas eleições de outubro, Francisco José Sobrinho (PMDB), de compra de votos. Ângela também é acusada pelo adversário de não estar legalmente separada do ex-prefeito do município, Antônio Garrote.

Nesta manhã, a sessão foi encerrada por falta de quorum, depois que três desembargadores se declararam impedidos de participar do julgamento. Os desembargadores Marcelo Teixeira, Edilário Feitosa e Humberto Martins alegaram que são proprietário de um escritório que já defendeu a prefeita Ângela Garrote.

A sessão foi adiada para a próxima terça-feira, dia 2, às 9h, quando o recurso será analisado no Tribunal Regional Eleitoral. Se o pleno entender que houve irregularidade no pleito, Francisco Sobrinho e o candidato a vice em sua chapa, Everaldo Amorim (PSDB), podem assumir imediatamente a prefeitura de Estrela de Alagoas.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *