Gestores municipais são capacitados para operacionalização do Cartão SUS

A coordenação estadual do Cartão SUS realiza na próxima quinta-feira, uma reunião de sensibilização e mobilização para os gestores municipais de saúde e capacitação para os digitadores do Cartão no Estado.

A reunião será realizada no auditório da Delegacia Regional do Trabalho (DRT), com a participação de técnicos do Datasus do Rio de Janeiro e Ministério da Saúde, além do representante da Secretaria Estadual de Goiás, Fausto Jaime, que ministrará palestra sobre regulação e Cartão SUS.

A coordenação do Cartão SUS está inserida no Programa de Controle, Avaliação e Regulação, gerenciado por Janine W. Ardenghi. Conforme a coordenadora do Cartão SUS em Alagoas, Neide Oliveira Lima, durante a reunião será também discutida a portaria SAS MS nº 174/04, que trata em seu Art. 1º da obrigatoriedade do uso do Cartão Nacional de Saúde – CNS em todos os procedimentos de média e alta complexidade.

Cartão SUS

“Desde o final do mês de junho, as cirurgias eletivas acontecem mediante apresentação do cartão e, a partir de 2006, em todos os internamentos”, afirmou Neide Oliveira Lima. Munidos do cartão, que tem um número único em todo o sistema nacional, o usuário será identificado imediatamente no sistema, podendo marcar consultas e exames com maior rapidez e ser atendido com maior agilidade.

“O cartão SUS possibilita conhecer ainda as necessidades dos usuários, sabendo detalhes sobre o atendimento e a qualidade dos serviços prestados pelo poder público”, explicou a coordenadora.

Segundo ela, mesmo os usuários de plano de saúde privados devem fazer o cadastro no cartão SUS. “Há serviços que os planos de saúde não cobrem. E essa carência é suprida pelo SUS.

Alagoas passou a cadastrar usuários no Cartão SUS em 2001, quando o sistema foi implantado em todo o País e, atualmente, contabiliza mais de 1 milhão e 700 usuários, atingindo 65% da população.

“Quem ainda não tem o Cartão SUS pode procurar, em Maceió, o PAM Salgadinho, das 7 às 13 horas, ou o posto Já Mangabeiras, das 8 às 17 horas, munido da certidão de nascimento e carteira de identidade. No Interior, o cartão deve ser solicitado na Secretaria Municipal de Saúde”, lembrou Neide Oliveira Lima.

Fonte: Secom

Veja Mais

Deixe um comentário