Jesus não nasceu em dezembro, mas Feliz Natal!

Ninguém sabe na verdade quando Jesus Cristo nasceu; alguns, como os judeus, sequer acreditam que tenha nascido e ainda esperam a vinda do Messias. Também a sua morte é imprecisa; tem ano que Jesus morre em março, em outro ano morre em abril.

Mas, seja como for, o Natal se consagrou mundialmente e não é só um momento de exploração comercial; há nele algo de espirituoso tocando a todos – apesar da hipocrisia de alguns. Para entender a comemoração do “nascimento de Jesus” é necessário voltar ao Império Romano.

Constantino virou católico na tentativa de salvar o Império Romano do Ocidente e na negociação para a conversão todos cederam – o Vaticano esqueceu as atrocidades praticadas pelos imperadores romanos contra os cristãos; e também adotou algumas festas pagãs que a cultura romano havia consagrado.

Uma delas é o Natal, que ficou conhecido assim por adoção de uma festa que os romanos celebravam muitos anos antes de Jesus Cristo. É que, entre 24 e 25 de dezembro, o sol atinge a temperatura mais elevada do ano; o astro, nesses dois dias, está muito mais quente e os romanos homenageavam o “Deus Sol” – que a Igreja Católica trocou pelo nascimento do Filho de Deus; nada mais pertinente, pois Ele também é astro e ilumina a humanidade.

Quem sabe Jesus é mesmo o Sol, sem o qual seria apenas trevas? E, sendo assim, desejamos Feliz Natal para todos os que acompanham o alagoas24horas.com.br e para quem não acompanha também.

Veja Mais

Cuidado com a dengue!

Com o verão, o receio de outra epidemia da dengue voltou a inquietar a mente de autoridades sanitárias e do...

Deixe um comentário

Vídeos