Braskem participa de feira internacional de não tecidos

De 03 a 05 de março, a Braskem, maior petroquímica das Américas e líder mundial na produção de biopolímeros, participa da Outlook Plus Latin America, conferência do mercado de não tecido para produtos de higiene pessoal, médico hospitalar e duráveis. Realizado pela primeira vez na América Latina, o evento ocorrerá no Hotel Renaissance, em São Paulo, e contará com palestras e debates sobre a atualidade e tendências das aplicações no cenário global.

Com atuação diversa no setor, a companhia possui soluções para o segmento, a exemplo de resinas de polipropileno específicas para processos de spunbond, spunlace, melt blow, fibras longas e cortadas; e de polietileno em filmes para laminação de backsheet.

Na Outlook Latin America, a Braskem promoverá duas palestras. Na quarta-feira (04), Yuki Kabe, da área de Desenvolvimento Sustentável, falará sobre a importância da aplicação de não tecido para o mercado médico hospitalar, divulgando a análise comparativa dos ciclos de vidas do artigo de polipropileno e do algodão. O estudo demonstra a demanda por recursos naturais para produção das soluções e confronta a manutenção e o impacto ambiental causado por cada uma delas.

Já na quinta-feira (05), Regina Penzo, gerente comercial de Químicos Renováveis, abordará a cadeia de valor dos produtos da Braskem produzidos a partir de fontes com matéria-prima sustentável, as soluções disponíveis em produtos verdes e projetos já implementados com esta tecnologia.

A Outlook Plus Latin America é co-organizada pelas duas associações globais de não tecidos EDANA e INDA, com o apoio da Associação Brasileira das Indústrias de Não tecidos e Tecidos Técnicos (ABINT).

Sobre a Braskem
A Braskem é a maior produtora de resinas termoplásticas das Américas. Com 36 plantas industriais distribuídas pelo Brasil, Estados Unidos e Alemanha, a empresa produz anualmente mais de 16 milhões de toneladas de resinas termoplásticas e outros produtos petroquímicos. Maior produtora de biopolímeros do mundo, a Braskem tem capacidade para fabricar anualmente 200 mil toneladas de polietileno derivado de etanol de cana-de-açúcar.

Fonte: Ascom Braskem

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *