Maceió


Prefeitura ordena canteiro central do Benedito Bentes II

Secom MaceióIMG-20171123-WA0032

A Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Comunitária (Semscs) concluiu o ordenamento do canteiro central da Avenida Benedito Bentes, principal via de acesso ao Conjunto Benedito Bentes II. A ação foi realizada em etapas. A primeira delas foi reunir os ambulantes, juntamente com os representantes da associação local para apresentação do plano de ordenamento e demonstração de como seria o desenvolvimento de cada etapa.

Os técnicos e o titular da Semscs, coronel Ivon Berto, mostraram os problemas gerados pela comercialização irregular e fora do espaço adequado, tais como obstrução de vias, falta de segurança e de higiene para os próprios ambulantes, clientes e transeuntes. A equipe tambem ouviu as necessidades e sugestões da comunidade, bem como cadastrou todos os ambulantes.

Após os ambulantes terem sido notificados para deixar o canteiro central e áreas adjacentes, foi iniciada a etapa seguinte, que consistiu na demolição de 52 barracas que estavam fechadas ou funcionavam como bares. A outra fase consistiu na realização de sorteios dos espaços no Mercado Público do Benedito Bentes I, para realocação desses ambulantes. Alguns deles foram contemplados com uma das 65 bancas, identificadas pela Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes) como abandonadas. O estacionamento daquele mercado foi demarcado para receber os demais feirantes.

À medida que os espaços foram definidos, os ambulantes foram ocupando seus novos locais. A secretaria disponibilizou caminhões para o transporte de seus pertences e as estruturas irregulares foram demolidas. O canteiro ficou desobstruído e livre para a passagem de pedestres.

O presidente da Associação dos Feirantes do Benedito Bentes II, Daniel Denis, avaliou que a transferência foi realizada de forma pacífica e com cuidado para não quebrar telhas e estruturas reaproveitáveis das barracas. “No início, nós pensamos que a prefeitura iria ceder as barracas, mas, devagarzinho, esperamos que cada comerciante tenha condições financeiras e consiga montar sua barraquinha”, disse. Ele sugeriu que a revitalização do mercado seja feita com a disponibilização de serviços, pois “uma casa lotérica e uma agência bancária podem aproximar o povo do mercado. Esperamos que a população do Benedito Bentes vá ao mercado fazer suas compras, onde vai ser bem recebido, ter estrutura e segurança. No canteiro a gente estava correndo o risco de ter acidentes, de ser atropelado. A gente quer e torce para melhorar”, reconheceu.

Para o titular da Semscs, coronel Ivon Berto, a operação foi totalmente pacífica e sem registro de qualquer conflito. “Nós buscamos unir um anseio da população em ter a principal via de acesso ao Benedito Bentes II livre daquelas construções irregulares, mas também não perdemos a noção de que é importante para o ambulante ter um local pra comercializar e conseguir sua subsistência. O mercado é o local adequado para os feirantes desenvolverem suas atividades,” afirmou.

O secretário garantiu que tudo foi feito com atenção aos feirantes e, antes de iniciar qualquer ação, houve diálogo com a comunidade envolvida. “Sempre preocupado com a questão humanística, o prefeito Rui Palmeira nos passou essa orientação de trabalhar para o cumprimento do que determina o código de posturas da cidade, sem perder de vista a responsabilidade social que a prefeitura tem com a população de Maceió”, concluiu.

O diretor de Convívio Social da Semscs, coronel Adilson Bispo, informou o ordenamento agora se estende aos ambulantes que negociam nas laterais do canteiro. “Nos próximos dias, haverá sorteio dos espaços, dependendo somente da finalização da demarcação no Mercado Público”, explicou.

As ações estão sendo realizadas de forma integrada entre a Semscs e outros órgãos municipais, são eles Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Sedet), Secretaria Municipal de Infra Estrutura (Seminfra), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Semds), Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió (Slum), Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), Superintendência Municipal de Energia e Iluminação Pública (Sima). Com o apoio das secretarias municipais de Governo (SMG), de Assistência Social (Semas) e de Comunicação (Secom).

Fonte: Ascom Semscs

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>