Danilo Dâmaso acerta as contas com a justiça

Começou às 14h30, no pleno Tribunal de Justiça, o julgamento do processo do ministério público impetrado contra o prefeito afastado de Marechal Deodoro, Danilo Dâmaso (PMDB).

Ele é acusado de 17 atos de improbabilidade administrativa e desvio de cerca de R$ 27 milhões.

O procurador geral de Justiça, Coaracy Fonseca, pediu a condenação de Danilo Dâmaso alegando apropriação indébita de dinheiro público e contratação irregular de funcionários públicos.

Neste momento a palavra está facultada ao advogado de defesa, Marcelo Henrique Brabo Magalhães.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações