Operação nacional prende mais de 20 suspeitos de integrar organização criminosa em AL

Cortesia

Uma operação nacional do Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC) prendeu 21 pessoas suspeitas de participarem de uma organização criminosa em Alagoas. Ao todo, 37 mandados de busca e apreensão e 42 de prisão foram expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital.

Os mandados estão sendo cumpridos nas cidades de Maceió, São Miguel dos Milagres, Maragogi, Japaratinga, Paripueira, Passo de Camaragibe, São Luís do Quitunde e Matriz de Camaragibe. Além dos presos, a operação apreendeu ainda 3 armas de fogo, cerca de 200 gramas de cocaína, 37 bombinhas de maconha, 224 gramas de maconha, 8 gramas de crack, mais 44 bombinhas de crack e uma balança de precisão.

Dos 42 mandados de prisão, três foram cumpridos na capital, sendo dois no sistema prisional: um na Penitenciária Baldomero Cavalcante e, o outro, no Presídio de Segurança Máxima.

De acordo com o Gaeco, a operação é resultado de três Procedimentos Investigatórios Criminais (PIC) do próprio Gaeco e um inquérito policial do Departamento de Narcóticos da Polícia Civil de Alagoas (Denarc).

Em Alagoas, a operação está tendo apoio do Crupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

A operação está acontecendo simultaneamente em mais oito estados do Brasil, são eles: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Mato Grosso do Sul, Pernambuco e Rio de Janeiro.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *