Ex-secretário acusado de corrupção se entrega à polícia e é recolhido ao sistema prisional

Arquivo / Alagoas 24 Horas

Considerado foragido da Justiça há nove dias, o ex-secretário de Promoção da Paz de Alagoas (Sepaz), Jardel Aderico da Silva, se entregou à polícia e segue recolhido no sistema prisional alagoano.

Segundo informações da Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris), o ex-secretario se entregou ontem (17) e foi recolhido a uma cela especial do presídio Baldomero Cavalcanti, por possuir curso superior.

No dia 09 deste mês, uma operação de combate a desvios de recursos públicos à saúde e educação, intitulada de ‘Calvário”, foi desencadeada pelo Ministério Público da Paraíba, com intuito de cumprir mandados de prisão contra Jardel Aderico e outros acusados.

Jardel Aderico é acusado de participar de uma organização criminosa (Orcrim) que praticava atos de corrupção, lavagem de dinheiro e desvio de recursos públicos em contratos firmados com unidades de saúde e educação do estado da Paraíba e cujos valores ultrapassam o montante de R$ 1 bilhão.

O Ministério Público de Alagoas deu apoio a operação. MPE/AL informou que a participação de Jardel no esquema se dava pelo pagamento de propina em torno de R$4 milhões para que ele pudesse fornecer livros para a  Secretaria Estadual de Educação da Paraíba. 

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações