DNA confirma que tio estuprou menina de 11 anos; irmã segue desaparecida

Redes sociais

Sandra Maria está desaparecida desde 17 de julho

Um exame de DNA confirmou o verdadeiro autor do estupro de uma menina de apenas 11 anos, que ficou grávida. O autor do crime é tio da vítima. Em setembro deste ano, a Polícia Civil prendeu Emerson Feitosa de Mendonça como suspeito do estupro, o que não se confirmou pelo exame. O estupro ocorreu de forma sistemática, até a menina engravidar, na cidade de Viçosa, na zona da mata do Estado.

A menina deu à luz a uma bebê, filha do estuprador, o que foi determinante para a descoberta do crime. O caso poderia ser mais um envolvendo estupro de crianças, mas a vítima é irmã da adolescente Sandra Silva Melo de Morais, que está desaparecida desde 17 julho deste ano. A polícia ainda não estabeleceu se os crimes estão relacionados, embora haja indícios.

A vítima ficou em coma ao dar à luz por mais de dez dias e após se recuperar foi entregue à custódia da Justiça, junto com a recém-nascida. Uma terceira criança também foi retirada da família.

O exame realizado pela Perícia Oficial apontou José Taciano da Silva, 38 anos, tio das vítimas, como autor do estupro. O estuprador foi preso nesta quarta (13) em novo cumprimento de mandado. José Taciano é casado com uma tia das meninas e também manteria um envolvimento com a mãe das meninas, fato que é negado por ela.

Em depoimento à Polícia Civil, em Viçosa, o acusado teria confessado o crime e afirmou ter “sido forçado por ela (a criança de 11 anos)”. A polícia deve investigar, agora, se a mãe das meninas sabia dos estupros recorrentes.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *