Acusado de participação em grupos de extermínio é preso durante operação conjunta

Uma operação conjunta entre agentes da 17ª DP de Marechal Deodoro e equipe da delegacia de Contagem em Minas Gerais, resultou na prisão de Felipe da Silva Soares, de 26 anos, vulgo “Bombado”, considerado foragido da Justiça alagoana. A prisão ocorreu na tarde desta quinta-feira, 5, na cidade mineira, onde ele estava escondido.

De acordo com informações do delegado Leonan Pinheiro, titular de Marechal Deodoro, “Bombado” vinha sendo investigado pela polícia alagoana e tinha um mandado de prisão em seu desfavor, expedido pela 1ª Vara do município de Marechal Deodoro. As informações foram repassadas para a 3ª Delegacia de Betim que resultou na operação e prisão.

Felipe é suspeito de integrar grupo de extermínio que atuava em Alagoas e que foi descoberto após a deflagração da Operação “Tombstone” da Polícia Federal. O alvo da operação eram integrantes que atuavam na prática de tráfico de drogas, roubos e comércio ilegal de armas e munições. Para se ter uma ideia da periculosidade, a Orcrim é apontada como responsável por 287 assassinatos.

Leia Mais: Operação Tombstone: PF prossegue combate a grupo de extermínio em AL

Somente Felipe responde por cerca de 12 Homicídios na região metropolitana de Maceió e seu processo estava paralisado desde o ano de 2013. Bombado está a disposição da justiça.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *