Influenza: 100% dos idosos foram imunizados em Maceió

Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

A vacinação contra a Influenza imunizou mais de 80 mil idosos. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Para imunizar os idosos, público-alvo da primeira fase da campanha de vacinação contra a influenza, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) adotou diversas estratégias, com o intuito de atingir a esses usuários, mas também evitar aglomerações em unidades de saúde. As medidas fizeram com que 100% dos idosos fossem imunizados em Maceió antes do término da primeira fase da campanha.

Os dados são da Gerência de Imunização da SMS, divulgados nesta quinta-feira (09), e levam em consideração a estimativa populacional levantada pelo Ministério da Saúde (MS) junto ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que apontam para Maceió uma população de idosos de 80.837.

“Esse público atendeu ao nosso chamado e foi às unidades de saúde, escolas e drive-thru, além da imunização na casa dos acamados. Todas essas estratégias adotadas auxiliaram para que o Município ultrapassasse a quantidade de usuários esperados em três semanas da campanha”, explica Eunice Amorim, gerente de Imunização.

Além dos idosos, trabalhadores da área da saúde também integram esta fase da campanha e mais de 75% já foram imunizados nos postos de vacinação ou em seus locais de trabalho.

A Campanha de vacinação tem o objetivo de imunizar contra três tipos graves de influenza, reduzindo os riscos de complicações e internações pela doença. “Nós ficamos muito satisfeitos com o empenho dos nossos profissionais, que se dedicaram em todas as estratégias pensadas pela Secretaria. Sem eles, não teríamos alcançado esses números. Além disso, o nosso idoso maceioense também percebe a importância de estar imunizado contra a influenza”, destaca o secretário José Thomaz Nonô.

Fases da Campanha

Voltada para caminhoneiros, motoristas de transporte público, portuários, profissionais das forças de segurança e salvamento e doentes crônicos, a segunda fase da campanha começa dia 16 de abril. Na etapa seguinte, que inicia dia 9 de maio, serão vacinados professores, crianças de seis meses a 5 anos, gestantes, puérperas, população indígena, adultos de 55 a 59 anos, população privada de liberdade e portadores de condições especiais. A intenção é imunizar, pelo menos, 90% de cada público-alvo.

Pessoas que apresentarem sintomas respiratórios ou febre não deverão comparecer para a vacinação enquanto houver a presença desses sintomas, podendo ser vacinadas após a melhora da condição.

 

Fonte: Ascom SMS

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *