Em operação, Sefaz flagra quase 500 mil litros de etanol sem nota fiscal

Sefaz

Durante a Operação Stumpf, realizada esta semana, a Secretaria da Fazenda (Sefaz-AL) flagrou quase 500 mil litros de etanol sem nota fiscal.

Nesta etapa da ação, que tem o objetivo de controlar e monitorar a regularidade do etanol nas suas diversas cadeias produtivas, desde a produção, distribuição até o consumo, as fiscalizações se concentraram em 16 postos de combustíveis, localizados principalmente da região metropolitana de Maceió.

Em um dos postos, situado em Pilar, as bombas e o tanque foram lacrados por conta de irregularidades e falta de autorização para funcionamento.

A operação contou com a participação de funcionários da Central de Operações Estratégicas (COE) e do Grupo de Trabalho (GT) Postos de Combustíveis, GT Agropecuário e GT Petróleo e Gás.

A primeira fase desta ação seguirá ainda pelas cidades de Maceió, Arapiraca, Coruripe, Rio Largo, Palmeira dos Índios, Jaramataia, União dos Palmares e Delmiro Gouveia.

A Sefaz pede ainda que a população denuncie caso encontre irregularidades nos postos de combustíveis. A denúncia pode ser feita  por meio do e-mail sefazetica@linhaetica.com.br ou pelo telefone 0800 713 0069.

“O foco principal é combater a concorrência desleal de postos irregulares. A Fazenda continua ativa na fiscalização, mesmo nos tempos de pandemia do novo Coronavírus. Nosso papel é garantir que essas pessoas que tentam burlar a lei não tenham sucesso. Além disso, honramos, ainda, os bons contribuintes que, mesmo no meio desta crise, têm se esforçado para contribuir com o avanço de Alagoas”, salienta Francisco Suruagy, superintendente da Receita Estadual.

Homenagem

A operação ganhou o nome de Stumpf em homenagem ao professor Urbano Ernesto Stumpf, conhecido como o “Pai do motor a álcool no Brasil”, graduou-se como engenheiro aeronáutico no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), onde atuou como docente e pesquisador. Desde o começo da carreira, focou em estudos sobre a viabilidade do álcool como combustível, sendo o criador do motor movido a etanol.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *