Sargento da reserva é sepultado após cortejo de colegas de farda; vídeo

Familiares, amigos e colegas de farda prestaram a última homenagem ao sargento Dagoberto Cardoso, que morreu nesta quarta-feira, 1º, em decorrência da Covid-19. O sargento, que antes integrada o Batalhão de Trânsito (BPTRran), atualmente estava na reserva da PM.

Em uma rede social, o comandante do Batalhão, tenente-coronel Felipe Lins, falou do orgulho em ter atuado ao seu lado. “Não há palavras para agradecer a uma pessoa que deixou para nós exemplo de disciplina e doação, do vestir a farda com orgulho. Orgulho é a palavra certa de tê-lo por tantos anos ao nosso lado. Que Deus receba com amor o espírito do nosso guerreiro e console a família diante desta dor irreparável”, disse.

Os militares participaram do cortejo fúnebre até o cemitério, no bairro do Prado.

Veja Mais

1 comentário

  • Carlos says:

    A vida é uma cx de surpresa. Hoje estamos aqui, amanhã não. O futuro pertence a Deus, não sabemos quando vamos partir dessa pra melhor. Por isso devemos viver o presente como se fosse o nosso último dia, fazer o melhor, pelo próximo, pois isso vai contar do outro lado do véu. Meus sentimentos á familia, que Deus os console e lhes dê forças para superar esse momento de dor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *