Assassinos de empresários já estavam no local do crime, segundo a PM

De acordo com a Polícia Militar, os assassinos do empresário Kleber Malaquias de Oliveira, de 41 anos, já estavam no bar onde ele foi morto, antes mesmo da vítima chegar ao local. O fato pode indicar que os assassinos conheciam a rotina do empresário, ou sabiam que ele iria àquele local na tarde desta quarta (15).

O crime ocorreu no banheiro de um bar no Centro de Rio Largo, por volta das 15h. Segundo os levantamentos iniciais realizados pela PM, Malaquias, que celebrava aniversário, chegou ao local na companhia de três amigos e dirigiu-se ao banheiro. Dois homens já estavam no local e um deles seguiu a vítima, que foi encurralada no banheiro e morta com três tiros, um deles na cabeça.

LEIA TAMBÉM
Empresário conhecido por denunciar políticos é assassinado dentro de bar

Após o crime, a dupla fugiu do local. A polícia não informou se estabelecimentos na região possuem câmeras de vigilância, o que poderia ajudar na identificação dos suspeitos. O crime está sendo investigado pelo delegado Lucimério Campos, titular da Homicídios de Rio Largo.

Kleber Malaquias já havia afirmado que estava jurado de morte, ele é autor de várias denúncias contra políticos e membros do Judiciário alagoano. Uma dessas denúncias, levadas ao Conselho Nacional de Justiça, resultou em investigação contra um desembargador alagoano.

 

 

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *