Júlio Baptista aponta fator que falta aos brasileiros para treinarem na Europa

Reprodução / Instagram

O mercado para treinadores estrangeiros está se abrindo cada vez mais no Brasil. Quanto ao caminho oposto, são poucos os brasileiros que partem para o mercado internacional de elite. Em entrevista exclusiva ao FOXSports.com.br, Júlio Baptista deu sua opinião sobre o assunto e disse que vê falta de nomes que se arrisquem no cenário europeu.

“São muitos treinadores que tem capacidade de treinar na Europa. A única coisa é que eles têm que se arriscar, se é que algum dos nossos quer treinar aqui fora. Tentar uma experiência fora. Porque, quando o brasileiro sai, acho que eles não têm noção do caminho que podem abrir. Nomes como Renato Gaúcho, Luxemburgo, no seu momento”, disse o ex-jogador.

“Querendo ou não, abre caminho para outros. Se um brasileiro faz um bom trabalho aqui, está ajudando para a evolução de outros, seja na Europa, onde for. O futebol, hoje, é muito global, tem um mercado muito amplo. Acho que os brasileiros têm que tentar, para buscar novas experiências e, quando voltarem, para poder ajudar o Brasil a crescer mais e mais”, completou.

Além disso, Júlio comentou sobre o trabalho de Renato Gaúcho no Grêmio, o elogiando e falou que vê o brasileiro com capacidade de assumir uma equipe na Europa.

“O Renato vem demonstrando que vem sendo um treinador muito bom. Seu trabalho é significante, isso demonstra quando o treinador, não só ganha títulos, mas cria uma identidade, dentro do que está fazendo. Times do Renato Gaúcho tem uma característica muito importante, são times que jogam muito bem, tem uma marcação forte e jogam bonito. Esse é o resultado, e o Renato está de parabéns”, finalizou.

Fonte: FOX Sports

Veja Mais

Deixe um comentário