Taxista morre após sofrer espancamento em Maceió; DH investiga

A Delegacia de Homicídios já deu início às investigações sobre um homicídio registrado na última segunda (23), na capital alagoana. A vítima, Adilson Lopes Moraes, morreu após ser espancado no Complexo Benedito Bentes. A vítima chegou a ser encaminhada para o Hospital Geral do Estado, mas morreu devido à gravidade dos ferimentos.

De acordo com informações fornecidas por familiares da vítima, Edilson era natural de Palmeira dos Índios e estava residindo em Maceió há cerca de três anos, onde trabalhava como taxista. A vítima era conhecida por seu forte temperamento, sobretudo quando ingeria bebida alcoólica. Caberá à polícia determinar se este fato tem alguma relação com a sua morte.

Ainda não há informações sobre a autoria do crime ou suas motivações. O caso se soma às estatísticas oficiais do Estado.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *