Homem é agredido após tentar impedir grupo de matar cadela prenhe em AL

Caso aconteceu na última sexta-feira (20), em Taquarana, mas só foi denunciado à polícia esta semana

Homem é agredido após tentar impedir grupo de matar cadela grávida em AL

Um homem identificado como André Lourival, de 34 anos, procurou a polícia para denunciar que foi vítima de tortura e agressão na última sexta-feira (20) durante uma festa particular, no povoado Rio das Cruzes, na zona rural de Taquarana,  Agreste de Alagoas. Segundo ele, o motivo teria sido a intervenção em um crime que seria cometido contra uma cadela grávida.

A vítima, que trabalha como cabeleireiro e reside em Limoeiro de Anadia, relatou que foi convidada pelo dono da residência para participar do evento, junto com outras pessoas quando, em um determinado momento da festa, uma cadela apareceu no local.

Alguns dos homens que participavam da confraternização teriam então decidido matar o animal, momento no qual a vítima interveio. Irritados, os suspeitos fizeram ameaças ao homem e amarraram a boca e as patas do animal.

Inconformado com a situação, novamente Lourival tentou impedir que o ato continuasse. Foi neste instante que o grupo partiu para cima dele, agredindo-o com pauladas, murros e chutes e teve um numeral cravado com uma faca de serra em suas costas.

Reprodução / Divulgação

Homem é agredido após tentar impedir grupo de matar cadela grávida em AL

Ele ainda tentou se defender usando um pedaço de madeira, mas foi dominado e subjugado até o momento que algumas mulheres que também participavam da festa fizeram cessar a incursão.

Apesar de todo o esforço, um homem e um menor de idade, que participavam da festa, mataram o animal em outro local. A cadela só foi encontrada na segunda-feira (23), quando o caso foi noticiado  à polícia.

A Delegacia de Polícia Civil de Limoeiro de Anadia já está apurando os fatos e quatro suspeitos foram identificados e intimados a prestar esclarecimentos.

Reprodução / Divulgação

Homem é agredido após tentar impedir grupo de matar cadela grávida em AL

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *