Abner Teixeira vence e está a uma vitória de conquistar uma medalha

A próxima luta será contra Hussein Iashaish, da Jordânia, no dia 30, às 19h39 (7h39 do Brasil), na Kokugikan Arena

O pugilista brasileiro Abner Teixeira está nas quartas-de-final dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Se vencer sua próxima luta, contra Hussein Iashaish, da Jordânia, Abner já terá pelo menos a medalha de bronze, uma que no boxe os dois semifinalistas derrotados vão ao pódio. O combate será no dia 30, às 19h39 (7h39 do Brasil), na Kokugikan Arena.

Na noite desta terça, 27 (manhã no Brasil), o brasileiro derrotou o britânico Clarke Cheavon por 4 a 1 na decisão dos juízes na categoria pesado (até 91kg).

“Para lutar uma Olimpíada você tem que estar na melhor condição possível. Esses caras estão na melhor forma da vida deles e cada luta é como se fosse pela medalha de ouro. Você não pode achar que é fácil”, afirmou o pugilista, que assistiu à semifinal do surfe com Gabriel Medina pela TV e depois viu online a conquista da primeira medalha de ouro do Brasil em Tóquio, com o surfista Italo Ferreira.

“Ver os brasileiros ganhando medalha, ver o campeão olímpico, serve como inspiração para entrar com tudo para cima dos caras”, disse.

Abner lembrou que quando começou a lutar em projeto social em Sorocaba estava assistindo pela TV aos Jogos Olímpicos Londres 2012 e imaginando como seria grandioso lutar no evento. Agora, aos 24  anos, concretiza um sonho e quer alçar voos mais altos.

“Quando cheguei ao Japão, não caiu a ficha. Mas quando cheguei e vi a Vila, a estrutura do COB e tudo mais, eu vi que era real, é a conquista de um sonho.”

Fonte: COB

Veja Mais

Deixe um comentário