PC indicia acusado de matar homem que urinou na calçada da sua casa; Justiça nega prisão

Polícia Civil obteve imagens do dia do crime.

A Polícia Civil de Alagoas concluiu o inquérito e indiciou E.R.L. pelo assassinado de Thiago Alves Fernandes de Lima, de 40 anos, esfaqueado durante uma confusão generalizada no começo de julho, no Salvador Lira, na parte alta da capital. O caso foi investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital.

De acordo com o delegado Fábio Costa, presidente do inquérito, a PC representou pela prisão preventiva do acusado, mas a Justiça negou a prisão, autorizando o autor a responder em liberdade.

O caso foi divulgado pelo Alagoas 24 horas no dia 11 de julho. A investigação apontou que Thiago bebia na companhia da namorada, na casa de um amigo, e antes de ir embora urinou na calçada ao lado. O dono da residência, que estava com a companheira, viu a cena e resolveu tirar satisfação com Thiago.

Uma discussão se iniciou envolvendo inicialmente a namorada e Thiago e a dona da residência. Logo depois, os homens se envolveram na briga e E.R.L. entrou em casa e buscou uma faca, desferindo um único golpe contra Thiago, que foi socorrido e encaminhado ao Hospital Geral do Estado, onde morreu.

O assassino fugiu do local e dias depois se apresentou na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para confessar o crime.

LEIA TAMBÉM

Homem é esfaqueado por vizinho após confusão por urinar em local público

Veja Mais

Deixe um comentário